• Telefone: +55 (18) 3117-1195
  • E-mail: zanardo@zanardo.com.br
  • Horário: Seg - Sex: 7:30h - 11:30h | 13:00h - 17:48h
Data: 26/04/2017
Imagem retirada de https://www.portogente.com.br/noticias/transporte-logistica/94909-mulheres-no-mercado-de-logistica Imagem retirada de https://www.portogente.com.br/noticias/transporte-logistica/94909-mulheres-no-mercado-de-logistica

Em muitos setores a presença feminina ainda é baixa, mas o crescimento vem ocorrendo, pois, diversos paradigmas acabam se desfazendo. Um desses exemplos é o mercado de transporte de cargas, tradicionalmente masculino, o setor começa a perceber que as vagas são preenchidas cada vez mais por mulheres. Uma empresa que reforça essa metamorfose é a CargoX, primeira transportadora do Brasil sem frota própria, baseada em tecnologia e inovação, que viu o número de funcionárias chegar a 56%.

Para a empresa esse crescimento aconteceu de forma natural, mas credita esse aumento ao maior interesse das mulheres no setor. Para Liana Ohno, Controller da CargoX, a tendência é que esse número aumente, principalmente nos cargos de altos da empresa. “Vemos que nossas vagas de lideranças são cada vez mais preenchidas pelas mulheres, hoje elas são perto de 40% e entendemos que isso vai aumentar, pois elas têm qualidades únicas e que valorizamos muito” detalha.

A empresa possui projetos voltados às mulheres que rodam as estradas do País. Em maio de 2016, a companhia lançou um projeto que pagava 10% a mais para as caminhoneiras, a ideia é possibilitar para elas uma condição melhor, compensando as falhas existentes na infraestrutura das rodovias e cidades brasileiras. “Somente quem roda pelo Brasil sabe como é difícil, para as mulheres os problemas, os medos, as dificuldades são potencializadas e ninguém olha para isso. Nosso propósito era compensar, de alguma forma, essas falhas e possibilitar uma realidade mais adequada” finaliza Liana.

Fonte: PortoGente

  • Telefone:
    +55 (18) 3117-1195

  • Rua dos Buritis, 201 - Parque Industrial II Araçatuba / São Paulo