• Telefone: +55 (18) 3117-1195
  • E-mail: zanardo@zanardo.com.br
  • Horário: Seg - Sex: 7:30h - 11:30h | 13:00h - 17:48h
Data: 21/01/2019
Imagem retirada de https://www.empreendedoresweb.com.br/retomada-do-crescimento-na-economia-brasileira/ Imagem retirada de https://www.empreendedoresweb.com.br/retomada-do-crescimento-na-economia-brasileira/

A economia brasileira teve crescimento de 0,3% em novembro, na comparação com outubro, segundo dados divulgados pela Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira (21). Já na comparação com o mesmo mês do ano passado, a alta foi de 1,5%.

No trimestre encerrado em novembro, o crescimento foi de 1,4% na comparação com os três meses anteriores – mesma variação registrada frente aos meses de setembro a novembro de 2017.

De acordo com o coordenador do estudo, Claudio Considera, há cinco meses a economia mantém média de crescimento mensal de 0,1%. "A despeito do término da recessão, a economia tem apresentado fraco desempenho, bem abaixo do seu potencial, tendo crescido 1,1%, em 2017 e com expectativa de crescer apenas 1,3% em 2018. Esta falta de fôlego da economia está certamente associada ao forte desequilíbrio fiscal e a necessidade de reformas macroeconômicas”, afirma em nota.

Em termos monetários, o PIB acumulado em 2018 até o mês de novembro, em valores correntes, alcançou a cifra estimada em aproximadamente de R$ 6.206.253.000.000.

De acordo com a FGV, a taxa de investimento permanece no mesmo patamar de janeiro de 2000, em 18,3% do PIB. "Vale registrar que, em outubro de 2013, a taxa de investimento havia sido de 24,2%, ápice de toda a série histórica, a preços constantes, iniciada em 2000", aponta o estudo.

fonte: G1

  • Telefone:
    +55 (18) 3117-1195

  • Rua dos Buritis, 201 - Parque Industrial II Araçatuba / São Paulo